Colocação Pronominal

Colocação pronominal

Revisão teórica e 50 questões.

Clique aqui => Fi-lo porque o quis

Anúncios

  1. #1 por Paulo Tahara em 26 de fevereiro de 2016 - 17:55

    Professor, boa tarde, poderia comentar a questão 27?
    ______________________________________
    27. (CESPE) “Atualmente fala-se muito em descarbonizar a matriz energética mundial.”

    A mudança de posição do pronome átono em “fala-se” para antes do verbo desrespeitaria as regras de colocação pronominal da norma culta brasileira.
    ______________________________________

    Grande abraço.

    Paulo Tahara.

    Curtido por 1 pessoa

    • #2 por Joao Bolognesi em 27 de fevereiro de 2016 - 00:50

      Paulo,
      o advérbio “atualmente”(sem vírgula) é palavra atrativa. Antepor o pronome ao verbo, neste caso, não desrespeita as regras.

      Bons estudos e boa sorte,
      João Bolognesi

      Curtir

      • #3 por matheus_stefanello@hotmail.com em 7 de março de 2017 - 00:40

        E, neste caso, porque no enunciado está escrito fala-se, ao invés de se fala, já que o advérbio é atrativo??

        Curtir

      • #4 por Joao Bolognesi em 16 de março de 2017 - 19:47

        Matheus,
        o enunciado estar com erro gramatical é algo que pode ocorrer, pois o texto é real (e não inventando pela banca) e ela manteve a forma original.

        Curtir

  2. #5 por antonia moura em 27 de fevereiro de 2016 - 21:28

    Professor, boa noite, por gentileza poderia esclarecer a questão 29? Verbos com a terminação R não acrescentam Lo, La?
    29. (CESPE) “Com esse trabalho nós estamos garantindo seu acesso à justiça e aos direitos para que consigam se beneficiar de outras políticas públicas.”
    Seria mantida a correção gramatical do período caso a partícula “se”, em “se beneficiar”, fosse
    deslocada para imediatamente após a forma verbal “beneficiar” — escrevendo-se “beneficiar-se”.

    Desde ja agradeço.
    Antonia Moura

    Curtido por 1 pessoa

    • #6 por Joao Bolognesi em 2 de março de 2016 - 17:23

      A adaptação por você sugerida só ocorre com os pronomes átonos “o, a, os, as”. Com o pronome “se” não há adaptação.
      Bons estudos e boa sorte,
      João Bolognesi

      Curtir

      • #7 por Carolina em 5 de fevereiro de 2018 - 18:38

        Professor, essa questão está correta porque poderia ser colocado o “se” em qualquer posição?

        Curtir

      • #8 por Joao Bolognesi em 16 de fevereiro de 2018 - 10:46

        Sim, ambas as posições são corretas.

        Curtir

  3. #9 por Suzan Helen em 29 de fevereiro de 2016 - 14:23

    Professor, Bom dia!..

    Poderia por favor comentar a questão 47?

    47. (VUNESP) Assinale a alternativa em que a substituição de palavras por pronomes e a colocação destes na frase está de acordo com a norma-padrão.
    a) Os quatro netos tinham celulares; sacaram-nos para trocar mensagens com os amigos.
    b) Se minha conhecida quisesse passar um tempo com os netos, levaria-os para lanchar.
    c) A avó ficou desanimada com os netos, tendo prometido-lhes não sair mais com eles.
    d) Detesto celular e espero para conversar quando não ouço-o tocar.
    e) Se uma pessoa pega seu celular, logo outras começam a lhe imitar.

    Sua aula é ótima professor.. e seu material tem ajudado muito… estou entendendo muitas coisas que antes tinha duvidas..

    Obrigado!…
    Suzan Helen

    Curtir

    • #10 por Joao Bolognesi em 4 de março de 2016 - 19:10

      Suzan,
      questão que trabalha o tipo adequado de pronome átono (em particular: o versus lhe), a sua colocação e a situação eventual geradora de adaptações. Acompanhe os comentários:

      a) Os quatro netos tinham celulares; sacaram-nos para trocar mensagens com os amigos.
      Correto
      – sacaram os celulares = VTD + OD, portanto o pronome átono correspondente é “os”;
      – sacaram + os = sacaram-nos (verbo terminado em som nasal + os = acrescenta-se a letra N ao pronome

      b) Se minha conhecida quisesse passar um tempo com os netos, levaria-os para lanchar.
      Alternativa errada
      levaria = futuro do pretérito do indicativo => ênclise proibida

      c) A avó ficou desanimada com os netos, tendo prometido-lhes não sair mais com eles.
      Alternativa errada
      prometido = particípio => ênclise proibida

      d) Detesto celular e espero para conversar quando não ouço-o tocar.
      Alternativa errada
      não = palavra atrativa => não o ouço => próclise obrigatória

      e) Se uma pessoa pega seu celular, logo outras começam a lhe imitar.
      Alternativa errada
      imitar uma pessoa = VTD + OD, portanto o pronome átono correspondente é “a”;
      – imitar + a = imitá-la (verbo terminado R + a = corta-se o R e acrescenta-se o L ao pronome)

      No material sobre colocação pronominal, você encontrará todas essas regras em detalhes.

      Bons estudos e boa sorte,
      João Bolognesi

      Curtir

  4. #11 por Flávia Garcia em 3 de março de 2016 - 20:39

    Boa tarde professor! Por que é a alternativa (a) e não a alternativa (e), explique por favor.

    47. (vunesp)Assinale a alternativa em que a substituição de palavras por pronomes e a colocação destes na
    frase está de acordo com a norma-padrão.
    a) Os quatro netos tinham celulares; sacaram-nos para trocar mensagens com os amigos.
    b) Se minha conhecida quisesse passar um tempo com os netos, levaria-os para lanchar.
    c) A avó ficou desanimada com os netos, tendo prometido-lhes não sair mais com eles.
    d) Detesto celular e espero para conversar quando não ouço-o tocar.
    e) Se uma pessoa pega seu celular, logo outras começam a lhe imitar.

    Curtido por 1 pessoa

    • #12 por Joao Bolognesi em 4 de março de 2016 - 04:06

      Flávia,
      o foco está no verbo “imitar”: quem imita, imita alguém.
      É um verbo que não exige preposição, portanto VTD. Por isso, os pronomes são “o, a, os, as”.
      No caso em análise, o correto é “logo outras começam a imitá-la”.

      Bons estudos e boa sorte,
      João Bolognesi

      Curtir

  5. #13 por Sílvia Marinho em 8 de março de 2016 - 20:15

    Professor, boa tarde,

    poderia comentar a questão 14?

    14. (CESPE) “…pode-se supor que a sociedade tecnológica seria caracterizada por um contexto no qual o trabalho passaria a ser uma necessidade exclusiva da classe trabalhadora”. Mantém-se a noção de voz passiva, assim como a correção gramatical, ao se substituir “seria caracterizada” por “caracterizaria-se”.

    Tenho um pouco de dificuldade para saber o tempo verbal quando está na VPA, “caracterizaria-se” está no pretérito imperfeito, a questão está errada porque “seria caracterizada” não está no pretérito imperfeito?

    Obrigada.

    Curtido por 1 pessoa

    • #14 por Joao Bolognesi em 17 de março de 2016 - 23:09

      Sílvia,
      o verbo “caracterizaria” está conjugado no futuro do pretérito do indicativo. A ênclise a esse tempo é um erro gramatical.
      Como a oração está em uma subordinada, há palavra atrativa “que”, o ideal seria a próclise: “se caracterizaria”.

      Bons estudos e boa sorte!

      Curtir

  6. #15 por Vanessa em 11 de março de 2016 - 22:38

    Professor, na famosa canção Como Nossos Pais, de Belchior:
    Não quero lhe falar meu grande amor
    Das coisas que aprendi nos discos
    O pronome lhe não deveria estar antes do verbo quero ou depois do verbo falar???

    Curtido por 1 pessoa

    • #16 por Joao Bolognesi em 17 de março de 2016 - 22:59

      Vanessa,

      como há a locução verbal “quero falar” e palavra atrativa, as colocações corretas são as seguintes:

      1- “Não lhe quero falar”
      2- “Não quero lhe falar”
      3- “Não quero falar-lhe”

      O único erro seria “Não quero-lhe falar”.

      João Bolognesi

      Curtir

  7. #17 por Vanessa em 11 de março de 2016 - 23:08

    Olá Professor!
    Não entendi por que a questão 14 está errada. É o tempo verbal?

    Curtir

    • #18 por Joao Bolognesi em 17 de março de 2016 - 22:56

      Vanessa, o verbo “caracterizaria” está conjugado no futuro do pretérito do indicativo. A ênclise a esse tempo é um erro gramatical.
      Como a oração está em uma subordinada, há palavra atrativa “que”, o ideal seria a próclise: “se caracterizaria”.

      Bons estudos e boa sorte,
      João Bolognesi

      Curtir

  8. #19 por Diogo Weiss (@DiogoWeiss) em 22 de março de 2016 - 17:20

    Olá, Professor.

    No exemplo, demonstrado durante a aula sobre pronomes pessoais, a frase “Comuniquei os problemas aos alunos” ficou “Comuniquei-lhes os problemas”. Como o verbo é V.T.D.I, a frase também ficaria correta com o pronome oblíquo átono “os” no lugar do O.D(“comuniquei-os aos alunos”)?

    Forte abraço!

    Curtir

    • #20 por Joao Bolognesi em 22 de março de 2016 - 19:53

      Diogo, raciocínio perfeito. Conclua que dependerá do que a banca vai sublinhar.
      Bons estudos e boa sorte!

      Curtir

  9. #21 por Thais Garcez em 5 de abril de 2016 - 19:49

    Professor, preciso de ajuda, consegui identificar que devo usar a PRÓCLISE, MESÓCLISE e ÊNCLISE mais não consegui implantar para resolver a questão. Você pode comentar?

    A colocação do pronome destacado atende às exigências da norma-padrão da Língua Portuguesa em:
    a)
    Os clientes mais exigentes sempre comportaram-se bem diante das medidas favoráveis oferecidas pelos bancos.
    b)
    Efetivando-se os pagamentos com moedas virtuais, os clientes terão confiança para utilizar esse recurso financeiro.
    c)
    Os usuários constantes da internet não enganam-se a respeito das vantagens do comércio on-line.
    d)
    É preciso observar que a população interessa-se pelas formas de aprendizagem condizentes com a sua cultura.
    e)
    Os turistas tinham organizado-se para viajar quando as condições econômicas melhorassem.

    Curtido por 1 pessoa

    • #22 por Joao Bolognesi em 6 de abril de 2016 - 19:31

      Thais, para entender a questão duvidosa, procure ler o material “Fi-lo porque o quis” aqui no blog. Ele atende diretamente a todas as suas dúvidas. O tema central é “colocação do pronome átono”.

      Observe:
      .
      a) “…sempre comportaram-se”
      Errado, pois “sempre”, advérbio, é palavra atrativa. O correto é “…sempre se comportaram”.
      .
      b) Efetivando-se os pagamentos com moedas virtuais, os clientes terão confiança para utilizar esse recurso financeiro.
      Correto.
      .
      c) “não enganam-se”
      Errado, pois “não”, palavra com sentido negativo, é palavra atrativa. O correto é “não se enganam”.
      .
      d) “…que a população interessa-se”
      Errado, pois “que”, conjunção subordinativa, é palavra atrativa. O correto é “…que a população se interessa”.
      .
      e) “…organizado-se”
      Errado, pois há regra que proíbe a colocação do pronome átono após o particípio. O correto seria: “tinha se organizado” ou “tinha-se organizado”.

      Reveja a questão e, havendo dúvida, faça contato.

      Bons estudos e boa sorte!

      Curtir

      • #23 por Carolina em 5 de fevereiro de 2018 - 18:46

        A Conjunção subordinativa deve ser levada em consideração mesmo estando longe, ou seja, com uma palavra entre o se e a conjunção? Fiquei em dúvida se seria considerada palavra atrativa nessa alternativa por causa da palavra “população”.

        Curtir

      • #24 por Joao Bolognesi em 16 de fevereiro de 2018 - 10:45

        A conjunção subordinativa continua atrativa mesmo que não esteja imediatamente antes do verbo.

        Curtir

  10. #25 por Diogo Weiss (@DiogoWeiss) em 7 de abril de 2016 - 21:26

    Professor,

    Na questão:

    12. (CESPE) “de modo que possamos superar as ineficiências existentes / de modo que as possamos superar” CERTO.

    Caso a resposta fosse: “/ de modo que possamos superá-las” estaria incorreta pois a atração para próclise permanece, mesmo com o distanciamento?

    Forte Abraço!

    Curtido por 1 pessoa

    • #26 por Joao Bolognesi em 7 de abril de 2016 - 23:34

      Diogo,
      a colocação também estaria correta, pois a ênclise ao infinitivo é sempre correta.

      Bons estudos e boa sorte!

      Curtir

  11. #27 por Max em 29 de abril de 2016 - 03:57

    Boa noite, professor.

    A questão 48. (CESGRANRIO) “d) É preciso observar que a população interessa-se pelas formas de aprendizagem condizentes com a sua cultura.” ERRADO.

    Por que está errado? É pela atração da próclise, mesmo com o distanciamento?

    Curtir

    • #28 por Joao Bolognesi em 29 de abril de 2016 - 12:38

      Max,
      perfeito. Mesmo que haja certa distância, a atração da palavra “que” permanece. O correto é a próclise: “que a população se interessa”.

      Bons estudos e boa sorte!

      Curtir

  12. #29 por Edgard Aparecido Mamede em 23 de julho de 2016 - 13:49

    Professor Bom dia

    23. (CESPE) “Mas a opção entre o certo e o errado não se coloca apenas na esfera de temas polêmicos ”
    Devido à presença do advérbio “apenas”, o pronome “se” poderia ser deslocado para imediatamente após a forma verbal “coloca”, da seguinte forma: “coloca-se”

    No gabarito esta questao consta errada mesmo tendo um adverbio (APENAS) ,isso se da em razao da regra das palavras atrativas ( NAO ) se sobrepor as regras dos adverbios (APENAS)

    A respeito da questao 29 gostaria de saber se esta certo minha analise
    QUE CONSIGAM SE BENEFICIAR
    A palavra atrativa QUE esta Ligada ao verbo conseguir e nao ao verbo BENEFICIAR
    portanto em razao de BENEFICIAR estar no INFINITIVO me permite o deslocamento do pronome SE para depois do verbo BENEFICIAR

    Na questao 30 qual regra devo obedecer para considerar que nao havera prejuizo na construcao da frase :
    BRASILEIROS SE CONCENTRAM

    MUITO MUITO OBRIGADO POR TODA AJUDA

    Curtir

    • #30 por Aline em 13 de outubro de 2017 - 20:58

      Olá, Professor! Qual é a explicação para está questão 23? Obrigada!

      Curtir

      • #31 por Joao Bolognesi em 1 de dezembro de 2017 - 18:01

        Aline,

        a palavra “não” e atrativa, exige a próclise.
        Em razão disso, a questão se encontra errada.

        Bons estudos e boa sorte!

        Curtir

  13. #32 por Edgard Aparecido Mamede em 25 de julho de 2016 - 13:10

    39. (VUNESP) A colocação pronominal está de acordo com a norma culta em:
    a) Se lavaram e saíram às pressas.
    b) Ele sabe que todos receber-me-ão com alegria.
    c) Eu não direi-lhe o que aconteceu.
    d) Ao dirigir-me a palavra, baixou os olhos.
    e) Ele sempre afirma que fala-me a verdade.

    Descartei as letras A, C e a letra E ,restou-me as letras B e D
    Poderia e esclarecer qual e a razão
    Muito obrigado por toda ajuda mais uma vez

    Curtir

  14. #33 por Edgard Aparecido Mamede em 25 de julho de 2016 - 13:22

    Bom dia Professor
    Qual o erro das frases abaixo quanto a colocação pronominal ?

    c) Ainda FALA-SE em elevar o salário mínimo a mais de 200 reais, mesmo tendo mostrado-se impossível qualquer acordo nesse sentido.
    d) Caso se preparassem para suas novas tarefas, todos sairiam-se bem, realizando-as com perfeição

    Obrigado mais uma vez

    Curtir

  15. #34 por Edgard Aparecido Mamede em 25 de julho de 2016 - 13:29

    45. (VUNESP) A colocação pronominal está correta, em conformidade com a norma-padrão da língua portuguesa, em:

    b) Ultimamente, a torcida brasileira tem questionado-se acerca da qualidade do futebol nacional.

    e) A equipe brasileira encontra-se em um processo de reestruturação e poderá recuperar-se.

    Professor poderia explicar a razão do gabarito apresentar a letra E como a correta

    Curtir

  16. #35 por Edgard Aparecido Mamede em 25 de julho de 2016 - 13:58

    Nos períodos abaixo, a expressão em destaque é substituída pelo pronome oblíquo as.

    O período que mantém a posição do pronome de acordo com a norma-padrão é:

    c) Meus amigos VIAM antenas disfarçadas pela primeira vez. –
    Meus amigos AS VIAM pela primeira vez.
    . VERBO VER QUEM VÊ VÊ ALGO = V.T.D SEM USO DE PREPOSIÇÃO
    . ANTENAS = OBJETO DIRETO
    1 Pronome a ser usado é o AS
    2 Colocação pronominal = Não temos palavra atrativa portanto pronome após o verbo
    3 Verbo Terminado em M devo acrescentar o N
    Nas alternativas da banca constou esta questao C como a correta
    O senhor poderia me responder mais essa duvida
    Agradeço imensamente

    Curtir

  17. #36 por Edgard Aparecido Mamede em 25 de julho de 2016 - 18:39

    9. (CESPE) “o conhecimento científico e tecnológico tem trazido importantes inovações e benefícios para a
    humanidade” / o conhecimento científico e tecnológico tem nos trazido para a humanidade.
    PROFESSOR PODERIA COMENTAR ESTA QUESTAO

    Curtir

  18. #37 por Raphael em 14 de setembro de 2016 - 12:50

    Olá Professor.
    Por favor, na questão 29 a partícula “que” não atrairá obrigatoriamente a próclise?
    Eu não consegui observar porque este “que” não é uma partícula atrativa.
    Obrigado!

    29. (CESPE) “Com esse trabalho nós estamos garantindo seu acesso à justiça e aos direitos para que consigam se beneficiar de outras políticas públicas.”
    Seria mantida a correção gramatical do período caso a partícula “se”, em “se beneficiar”, fosse
    deslocada para imediatamente após a forma verbal “beneficiar”— escrevendo-se “beneficiar-se”.
    Resposta: Correto.

    Curtir

    • #38 por Joao Bolognesi em 19 de setembro de 2016 - 04:13

      Raphael,
      a única vez em que a palavra atrativa perde seu “poder” é diante de um infinitivo.
      Conclua que após o infinitivo a colocação é sempre correta, mesmo com palavra atrativa.
      Exemplo:
      “para não se perder”
      ou
      “para não perder-se”

      “para não as pegar”
      ou
      “para não pegá-las”

      Abraços.

      Curtir

  19. #39 por juliana ribeiro dos santos foz em 20 de outubro de 2016 - 18:42

    no exercicio n 12 : ” de modo que possamos superar as ineficiências existentes/ de modo que as possamo superar
    porque esta correta o ideal não seria : supera-las

    Curtir

    • #40 por Joao Bolognesi em 21 de outubro de 2016 - 10:23

      Juliana,
      temos uma locução verbal [possamos superar] e há palavra atrativa [que].
      Após o infinitivo “superar” é sempre correto, é agradável e atende a nossas expectativas, há nesta colocação um grau de normalidade mais intenso: “de modo que possamos superá-las”.
      Caso assim caísse na prova, teríamos ampla aceitação.

      Aí entra o concurso público!
      Como há palavra atrativa antes da locução verbal, posso usar a próclise: “de modo que as possamos superar”.
      Antes da locução verbal é corretíssimo, pois há palavra atrativa, mas não é tão agradável e não reflete uma colocação que se escolhe de pronto.

      Na prova, entre a parte estética e a correta, sempre prefira a última.

      Bons estudos e boa sorte,
      João Bolognesi

      Curtir

  20. #41 por R. em 27 de outubro de 2016 - 12:31

    Professor, não encontro o arquivo “o lhe como possessivo”, indicado na sua aula do TRE online.

    Curtir

  21. #43 por Gabriela em 14 de novembro de 2016 - 15:08

    Boa tarde professor

    Estou com dúvida na questão 39, não entendi porque a alternativa B está errada

    39. (VUNESP) A colocação pronominal está de acordo com a norma culta em:
    a) Se lavaram e saíram às pressas.
    b) Ele sabe que todos receber-me-ão com alegria.
    c) Eu não direi-lhe o que aconteceu.
    d) Ao dirigir-me a palavra, baixou os olhos.
    e) Ele sempre afirma que fala-me a verdade.

    Também estou com dúvida na questão 44, não entendi porque a alternativa C está errada

    44. (VUNESP) A colocação pronominal está em conformidade com a norma-padrão da língua portuguesa em:
    a) Muitas pessoas adquirem roupas e objetos de grife na esperança de que transformem-se em
    indivíduos elegantes.
    b) Na opinião do narrador, na ânsia por serem especiais, as pessoas frequentemente se tornam idênticas
    umas às outras.
    c) Em tratando-se das imposições sociais, há indivíduos que seguem à risca os padrões estéticos
    determinados, pois não querem ser o patinho feio.
    d) Se os documentos coubessem na carteira, provavelmente o narrador teria comprado-a.
    e) Ao questionar a importância dada às grifes, o narrador não limita-se ao comportamento das pessoas
    abastadas.

    Obrigada

    Curtir

    • #44 por Joao Bolognesi em 20 de novembro de 2016 - 19:09

      Gabriela,
      em 39, há palavra atrativa (que, conjunção integrante, e todos, pronome indefinido, ambos são atrativos). O correto é a próclise: “que todos me receberão”.
      Na expressão “em + gerúndio”, o pronome átono fica no meio da expressão: “em se tratando”.

      Se quiser a lista de palavras atrativas, consulte: https://joaobolognesi.com/2016/02/24/colocacao-pronominal/

      Bons estudos e boa sorte.

      Curtir

  22. #45 por Monica em 21 de novembro de 2016 - 19:00

    Poderia comentar a 18, 31, e as alternativas da 46 e 47? Obrigada

    Curtir

    • #46 por Joao Bolognesi em 26 de novembro de 2016 - 11:58

      Monica,

      18 = REGRA 4- não pospor pronomes átonos aos verbos conjugados no futuro do indicativo

      31 = Uso facultativo, pois não há nenhuma regra a impedir

      46. (VUNESP) A colocação pronominal está em conformidade com a norma-padrão da língua portuguesa em:

      a) O poeta lembra-se de sua casa, e do momento em que seu irmão tocava piano. CORRETA

      b) Talvez o irmão do poeta teria disposto-se a tocar música clássica ao piano.
      REGRA 3- não pospor pronomes átonos ao particípio

      c) Enquanto entretinha-se ouvindo seu irmão, o poeta não pensava em nada.
      REGRA 2- respeitar as palavras atrativas (“enquanto” = conjunção que introduz oração subordinada)

      d) Jamais esqueceria-se daquela tarde de sol em que seu irmão tocava piano.
      REGRA 2- respeitar as palavras atrativas (“jamais” = advérbio)
      REGRA 4- não pospor pronomes átonos aos verbos conjugados no futuro do indicativo

      e) É possível que tenha concentrado-se demasiado na música que seu irmão tocava.
      REGRA 3- não pospor pronomes átonos ao particípio

      47. (VUNESP) Assinale a alternativa em que a substituição de palavras por pronomes e a colocação destes na
      frase está de acordo com a norma-padrão.

      a) Os quatro netos tinham celulares; sacaram-nos para trocar mensagens com os amigos.CORRETA

      b) Se minha conhecida quisesse passar um tempo com os netos, levaria-os para lanchar.
      REGRA 4- não pospor pronomes átonos aos verbos conjugados no futuro do indicativo

      c) A avó ficou desanimada com os netos, tendo prometido-lhes não sair mais com eles.
      REGRA 3- não pospor pronomes átonos ao particípio

      d) Detesto celular e espero para conversar quando não ouço-o tocar.
      REGRA 2- respeitar as palavras atrativas (“não” = palavra com sentido negativo)

      e) Se uma pessoa pega seu celular, logo outras começam a lhe imitar.
      Imitar é VTD (imitar alguém), portanto o correto é “começam a imitá-la”

      Bons estudos e boa sorte!

      Curtir

  23. #47 por KELLY MONT ALVAO em 2 de março de 2017 - 14:59

    Prof. podeia me explicar a expressão PODE-SE DEFENDER e PODE DEFENDER-SE estão corretas?Seria pq os verbos não estão conjugados?:/

    Curtir

    • #48 por Joao Bolognesi em 16 de março de 2017 - 19:40

      Kelly,

      a primeira constatação: há uma locução verbal: “pode defender”.
      Nesse caso, há várias posições corretas:
      “pode defender-se”
      “pode se defender”
      “pode-se defender”

      Perceba que não se fere nenhuma regra, eis a razão de estar correto.

      Curtir

  24. #49 por KELLY MONT ALVAO em 2 de março de 2017 - 15:04

    Questão 27 e 29 da sua apostila.. filo porque o quis.Não estou entendendo tbm. Atualmente fala-se muito em….pode ser tbm SE FALA.
    Questão 29 – ….consigam se beneficiar…pode ser BENEFICIAR-SE

    Curtir

    • #50 por Joao Bolognesi em 16 de março de 2017 - 19:45

      Na 27, não só se pode usar a próclise, como se deve, pois o advérbio “atualmente”, sem vírgula, atrai o pronome.
      Na 29, temos o infinitivo “beneficiar-se”. Não há nenhuma regra sendo violada ao se colocar após o infinitivo.

      Bons estudos e boa sorte!

      Curtir

  25. #51 por matheus_stefanello@hotmail.com em 7 de março de 2017 - 17:57

    boa tarde professor, gostaria de entender o porquê da alternativa D, da questão 44 está errada.

    desde já, agradeço

    Curtir

    • #52 por Joao Bolognesi em 16 de março de 2017 - 19:38

      Matheus,
      regra 3: após o particípio nunca se põe o pronome átono.
      errado: provavelmente o narrador teria comprado-a.
      correto: provavelmente o narrador a teria comprado.
      correto: provavelmente o narrador teria a comprado.

      Bons estudos e boa sorte.

      Curtir

  26. #53 por Lucas Sales em 8 de março de 2017 - 02:15

    Olá João, sou seu aluno do Damásio e hoje tivemos aulas sobre os tipos de pronomes, sua colocação e suas adaptações. Deparei-me com esta questão: No trecho “o não importar-se com o que ocorra” (l.7-8), é opcional a colocação do pronome “se” antes de “importar-se”: o não se importar com o que ocorra.

    Lembrei da regra 4, respeitando as palavras atrativas e julguei não ser opcional a colocação pronominal anterior ao verbo, mas obrigatória. Errei a questão. Nos comentários, varias pessoas falaram que há uma regra de ênclise para os verbos no infinitivo e há a regra das palavras atrativas. Quando elas se chocam, a colocação pronominal será facultativa… É verdade?

    Curtir

    • #54 por Joao Bolognesi em 16 de março de 2017 - 19:27

      As palavras atrativas só cedem sua força de regra diante do infinitivo. Após o infinitivo está também correto, mesmo com palavra atrativa. Tanto faz: “…para não vê-lo” ou “…para não o ver”.
      Trata-se de uma exceção dentro da regra 4.

      Bons estudos e boa sorte!

      Curtir

  27. #55 por Gabriela em 7 de junho de 2017 - 21:52

    Boa tarde professor

    Não entendi porque a alternativa B está errada:

    49. (CESGRANRIO) A frase em que a colocação do pronome se mostra adequada à norma-padrão é:
    a) Não nos conformemos com a condição miserável de muitos!
    b) Daqui a vinte e cinco anos, ainda desejar-se-á que o país progrida.
    c) É necessário que encontrem-se medidas urgentes para o combate à fome.
    d) Me surpreende que, no Brasil de hoje, a fome ainda mate.
    e) Até que dia desrepeitaremo-nos tanto quanto hoje?

    Obrigada

    Curtir

    • #56 por Joao Bolognesi em 10 de junho de 2017 - 13:11

      Gabriela,

      o erro da B é devido ao não atendimento à regra das palavras atrativas. O correto é “ainda se desejará”, já que a palavra “ainda”, advérbio, é atrativa.

      Bons estudos e boa sorte!

      Curtir

  28. #57 por Gabriela em 7 de junho de 2017 - 21:55

    Boa tarde professor

    A alternativa D da questão 45 está errada por causa da palavra atrativa e porque não pode começar a frase com “Se” -> próclise proibida?

    45. (VUNESP) A colocação pronominal está correta, em conformidade com a norma-padrão da língua portuguesa,
    em:
    a) O torcedor brasileiro parece cético, pois não recuperou-se da derrota na última Copa.
    b) Ultimamente, a torcida brasileira tem questionado-se acerca da qualidade do futebol nacional.
    c) O futebol que joga-se no Brasil atualmente é muito diferente daquele da década de 1950.
    d) Se a preocupação fosse apenas com resultado, o futebol-arte brasileiro ainda manteria-se vivo?
    e) A equipe brasileira encontra-se em um processo de reestruturação e poderá recuperar-se.

    Obrigada

    Curtir

    • #58 por Joao Bolognesi em 10 de junho de 2017 - 13:05

      Gabriela, o erro da D é a colocação após o futuro. O correto é “ainda se manteria”, já que a palavra “ainda”, advérbio, é atrativa.
      Na D, a palavra “se” inicial é conjunção condicional e está perfeita onde está: “Se a preocupação fosse…” = “Caso a preocupação fosse…”.

      Bons estudos e boa sorte!

      Curtir

  29. #59 por Marina Boer em 9 de agosto de 2017 - 20:42

    Prof, tenho dúvida na acentuação dos verbos que sofrem adaptação (terminados em R,S ou Z). Utiliza-se a regra 3 de acentuação (oxítonas terminadas em A, E e O levam acento)?

    Curtir

    • #60 por Joao Bolognesi em 10 de agosto de 2017 - 19:29

      Marina,
      sim, a regra 3 e outras
      Aplicam-se as regras de acentuação da seguinte forma:

      Regra 3 – Oxítona
      cantá-lo
      vendê-lo
      repô-lo

      Regra 4 – Monossilaba Tônica
      dá-lo
      vê-lo
      pô-lo

      Regra 5 – I / U tônicos
      excluí-lo
      atraí-lo

      Mas:
      parti-lo
      fi-lo

      Bons estudos e boa sorte

      Curtir

  30. #61 por Nathalia em 14 de janeiro de 2018 - 17:19

    Prof. como ficaria a forma correta da falha de imprensa descrita no final do material “direi-a”?

    Curtir

  31. #63 por Nathalia em 14 de janeiro de 2018 - 17:43

    Prof. não entendi muio bem a colocação pronominal. O roteiro para analisar seria retirar as quatro regras e não tendo a ocorrência delas eu poderia colocar em qualquer posição próclise, mesóclise e ênclise? Exemplo: na questão 17 do material ‘nos daria’. Por ser futuro o pronome não pode vir após o futuro, mas estaria correto a escrita de ‘nos daria’ e ‘dar-nos-ia ?????

    Curtir

  32. #65 por Nathalia em 14 de janeiro de 2018 - 18:41

    o que tem de errado com a alternativa e da questão 50?
    Se o preço dos equipamentos eletrônicos ficar muito elevado, poderá-se procurar pesquisar mais atentamente.

    Curtir

  33. #67 por BIANCA BONATO BERNARDO PEREIRA em 31 de janeiro de 2018 - 16:45

    Professor, sou aluna do Damásio telepresencial, não encontrei seu e-mail de maneira alguma.
    Fiz essa questão ontem de acordo com as regras que o senhor ensinou na aula de Pronomes Oblíquos.
    Na minha concepção a resposta correta deveria ser a B, por causa do TODOS (que eu achava ser palavra atrativa).
    Gostaria de saber por que essa não é a resposta correta.

    3 – Questão 8469.
    Indique a sentença em que o pronome deveria estar proclítico, de acordo com as normas gramaticais de colocação de pronomes átonos.
    a) eu pedi-lhe uma ajuda;
    b) nós todos reunimo-nos na confeitaria;
    c) eles chamá-lo-iam de líder, se pudessem;
    d) compramos a escultura que assemelha-se a uma ave;
    e) ouça-me bem antes de agir.

    Obrigada desde já!

    Curtir

    • #68 por Joao Bolognesi em 2 de fevereiro de 2018 - 14:14

      Bianca,
      há duas alternativas que permitem ser assinaladas, portanto a questão está errada.
      Salvo engano, esta questão não é de uma banca.
      O ideal é resolver o máximo de questões, mas de olho em uma banca, absorvendo seu estilo.

      Bons estudos e boa sorte!

      Curtir

  34. #69 por Janaina Dirk em 1 de fevereiro de 2018 - 02:20

    Boa noite professor,

    Estou com dúvida na questão 13 que fala assim:
    13. (CESPE) “Evidencia-se, portanto, que é justamente na fase do inquérito policial que serão coletadas as
    informações…”
    Em “Evidencia-se”, o pronome “se” pode, facultativa e corretamente, ser tanto posposto —como aí foi
    empregado— quanto anteposto à forma verbal — “Se evidencia”.

    Neste caso, não contradiz com a regra 1 ( não iniciar oração com pronome átono) ????

    Curtir

    • #70 por Joao Bolognesi em 2 de fevereiro de 2018 - 14:02

      Janaina, você deve julgar certo ou errado. A afirmação da questão está errada e é por isso que o gabarito traz “13. Errado”.Ou seja, como é início de período, não se pode usar próclise.

      Curtir

  35. #71 por Celia Mestre Rossi em 2 de fevereiro de 2018 - 11:25

    Olá professor João. Sou aluna da Damásio e o meu desejo em aprender corretamente a norma culta transcende a necessidade de aprovação em concurso. No entanto minha dificuldade esta sendo superada com os execícios e suas magníficas aulas. Parabéns e obrigada!
    Na frase abaixo não consegui identificar a erro da colocação pronominal, pode me auxiliar?
    – não identifiquei palavra atrativa;
    – o verbo não esta no futuro;
    – o verbo não esta no particípio e
    – o pronome não inicia período.
    Qual o motivo do pronome vir após o verbo (ênclise) estar errado.
    Desde já agradeço a atenção.

    d) É preciso observar que a população interessa-se pelas formas de aprendizagem condizentes com a sua cultura.

    Curtir

    • #72 por Joao Bolognesi em 2 de fevereiro de 2018 - 14:06

      Celia, a conjunção “que” atrai o pronome, próclise obrigatória.
      “…que a população se interessa…”

      Bons estudos e boa sorte!

      Curtir

  36. #73 por Beatriz Spir Costa em 27 de fevereiro de 2018 - 20:51

    Boa tarde professor,
    Não consigo entender o motivo da questão 23 estar errada.
    “Mas a opção entre o certo e o errado não se coloca apenas na esfera de temas polêmicos”
    Devido à presença do advérbio”apenas”, o pronome “se” poderia ser deslocado para imediatamente após a forma verbal “coloca”, da seguinte forma: “coloca-se”.
    Por que está errado se ambas são palavras atrativas?
    Muito obrigada professor!!

    Curtir

    • #74 por Joao Bolognesi em 1 de março de 2018 - 18:43

      Beatriz,
      a regra do uso da próclise devido à palavra atrativa só funciona antecedendo o verbo. Por isso, não há atração posterior ao verbo.
      Se o advérbio “apenas” está antes do verbo, ele é palavra atrativa:
      . uso obrigatório antes do verbo: “Ele apenas se referiu ao erro”.

      Mas, se ele estiver depois do verbo, não lhe cabe o valor de palavra atrativa. Com isso, veja a diferença:
      . uso facultativo (já que não há palavra atrativa): “Ele se referiu apenas ao erro (ou) Ele referiu-se apenas ao erro”.

      Na questão, somente a palavra de negação “não” é atrativa, portanto só há uma colocação, ou seja, a próclise: “…não se coloca apenas…”.

      Bons estudos e boa sorte!

      Curtir

  37. #75 por Gabriela Bissani em 17 de julho de 2018 - 18:44

    Olá, Professor.!

    Estava revisando a matéria de colocação pronominal e surgiu a seguinte dúvida:

    Ex:

    – Para não o ver. (Palavra atrativa – próclise obrigatória)

    – Para não vê-lo. (ver – verbo terminado em R: Corta-se o R -> acrescenta o L + O)

    As duas formas estão corretas??

    Grata.

    Curtir

    • #76 por Joao Bolognesi em 24 de julho de 2018 - 01:50

      Gabriela,
      exatamente, uso facultativo.
      Após o infinitivo, é sempre uma colocação correta, mesmo que haja palavra atrativa.
      Bons estudos e boa sorte!

      Curtir

  38. #77 por RAPHAEL MORO CAVALCANTE LEMOS em 1 de agosto de 2018 - 19:29

    Prof. por favor, tire-me uma dúvida da construção a seguir:

    “A estrutura atual do Direito Empresarial faz com que a doutrina enumere determinadas características que lhes são peculiares e fazem com que ele se diferencie dos demais ramos jurídicos, principalmentedo Direito Civil.”

    O uso do pronome átono oblíquo “lhes” está correto? Eu não entendi ao certo sua função sintática…

    OBRIGADO

    Curtir

    • #78 por Joao Bolognesi em 2 de agosto de 2018 - 22:58

      Raphael,
      o pronome “lhe” está complementando o adjetivo “peculiares”, portanto o “lhe” funciona na frase como complemento nominal.
      “determinadas características que lhe são peculiares”
      = “determinadas características que são peculiares a ele”
      = “determinadas características são peculiares ao Direito Empresarial”

      Observe que o correto seria no singular, referindo-se a “Direito empresarial”, ou seja, “determinadas características são peculiares ao Direito Empresarial”

      Bons estudos e boa sorte!

      Curtido por 1 pessoa

      • #79 por RAPHAEL MORO CAVALCANTE LEMOS em 3 de agosto de 2018 - 03:02

        Professor, de início, muitíssimo obrigado pelos esclarecimentos de excelência. Retirei este trecho de um livro que estou estudando. Obrigado novamente, pois seus ensinamentos (por meio do Damásio e do Blog – em relação a mim) estão me ajudando muito! Abraços, e Deus o abençoe!

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: