Prova Comentada CESPE

CESPE

Primeiro resolva a prova => Cespe Funpresp 2016

Depois confira o gabarito => Cespe Funpresp_2016 Gabarito

Agora, estude as respostas comentadas => CESPE FUNPRESP 2016 Comentada

(2ª edição – O gabarito da questão 12 foi corrigido)

Anúncios

, ,

  1. #1 por Luciana em 8 de abril de 2016 - 00:57

    Obrigada Prof. Sr é demais.

    Curtido por 1 pessoa

  2. #2 por Evaldo em 9 de abril de 2016 - 12:48

    Professor, há algum curso em vídeo específico para concursos ministrado pelo senhor?

    Curtir

    • #3 por Joao Bolognesi em 10 de abril de 2016 - 00:59

      Evaldo, no Damásio on-line há eventualmente a oferta dos seguintes cursos:
      – Português Avançado
      – Resolução de Questões
      – Intensivo Fiscal – Teoria

      Às segundas-feiras, no período da tarde, ministro curso semestral. Ele pode ser presencial ou telepresencial (aí é necessário assistir em uma unidade).
      Do restante, é a matéria Português dividindo a carga horário com outros cursos.

      Qualquer dúvida, faça contato.
      Abraços

      Curtir

  3. #4 por Gisele Sales em 10 de abril de 2016 - 18:19

    Ola, Boa tarde. Estava resolvendo questões da Cespe de português e me deparei com a seguinte questão: “A fiscalização do cumprimento das garantias de atendimento é uma forma eficaz de se certificar o beneficiário da assistência por ele contratada, pois leva as operadoras a ampliarem o credenciamento de prestadores e a melhorarem o seu relacionamento com o cliente.” Questão: Mantêm-se a correção gramatical do período e suas informações originais ao se substituir o termo “pois” (l. 11) por qualquer um dos seguintes: já que, uma vez que, porquanto. O gabarito da questão está como CORRETA, gostaria de saber por que ela está certa sendo que o POIS em questão, se eu bem entendi, é uma conjunção explicativa e o enunciado da questão pede para trocar por conjunções causais. Não entendi por que ela está correta, me esclareça por favor. Desde já, grata.

    Curtido por 1 pessoa

    • #5 por Joao Bolognesi em 11 de abril de 2016 - 02:37

      Na prática, “pois” e “porque” equivalem e muitas vezes as usamos como sinônimos. Raras são as questões que tentam diferenciar causa de explicação.
      Bons estudos e boa sorte.

      Curtir

  4. #6 por flávia Cardinot em 13 de abril de 2016 - 15:57

    12. (CESPE) “O homem que só tinha certezas quase nunca usava ponto de interrogação. Em seu vocabulário,
    não constavam as expressões: talvez, quiçá, quem sabe, porventura.”
    O sentido original do texto seria alterado caso a oração “que só tinha certezas” fosse isolada por
    vírgulas.
    Alternativa errada.

    Boa tarde professor.
    Fiquei um pouco confusa quanto ao gabarito dessa questão, pois o senhor disse q a assertiva estaria errada ,e ao final de todas as explicações diz:
    Com o uso das vírgulas, o sentido original seria alterado.
    O senhor pode esclarecer essa dúvida por favor?

    Curtido por 1 pessoa

    • #7 por Joao Bolognesi em 14 de abril de 2016 - 10:50

      Flávia, já está esclarecido. Falei uma coisa e escrevi outra! Deu curto-circuito.
      Tantas vezes vai o cântaro à fonte que em algum dia lá deixa a asa.
      Já estou refazendo o comentário
      e muitíssimo obrigado pela colaboração.
      Vamos torcer para cair uma desta na prova.
      Bons estudos e boa sorte

      Curtir

  5. #8 por Flávia em 23 de abril de 2016 - 13:57

    Professor, bom dia! Gostaria de saber se vai ter os correção com comentários referente as questões 21 em diante da prova Cespe. Pois as respostas comentadas “termina” na questão 20. Grata!!

    Curtir

    • #9 por Joao Bolognesi em 23 de abril de 2016 - 16:04

      Flávia, comentei até a questão 20 por ser a parte de língua portuguesa. Qualquer alternativa daí por diante seria de alto risco, já que se trata de matéria distinta. Qualquer dúvida, veja a prova original que está na postagem.

      Bons estudos e boa sorte!

      Curtir

      • #10 por Flávia em 25 de abril de 2016 - 12:53

        Verdade professor! Eu resolvi até a questão 20 e nem olhei as outras e já vim perguntar! Desculpa e obrigada!!!

        Curtir

  6. #11 por Laisa em 4 de maio de 2016 - 17:52

    Olá, professor!

    Eu estava resolvendo uma prova elaborada pelo Cespe (TRE-PI para analista), e tive dúvidas na seguinte assertiva: seria possivel substitur a conjunçao POREM por MAS, no trecho abaixo:

    Na entrada do terceiro milênio, o ingresso das
    brasileiras na política institucional ainda é tímido. POREM, esse
    é um quadro que já se mostrou menos animador.

    Segundo o gabarito oficial, essa assertiva é incorreta (a alternativa correta era outra).
    Ajudaria muito se o Sr pudesse esclarecer o motivo do erro.

    Grande abraço, e muito obrigada.

    Curtido por 1 pessoa

    • #12 por Joao Bolognesi em 4 de maio de 2016 - 18:28

      Laisa,
      sou completamente contra o posicionamento da banca. Se o que justifica a vírgula após o “Porém” é o aspecto respiratório, relacionado à pausa e à ênfase, cria-se uma referência incoerente e subjetiva, que, por sua vez, autorizaria também o uso da vírgula após o “Mas”.
      Se a ideia é permitir ênfase para um e não para outro, a vírgula torna-se um sinal subjetivo, infelizmente.

      Não há lógica nenhuma dizer que para o “Porém” cabe a vírgula representando ênfase, e para o “Mas” a reflexão é outra. Isso não tem respaldo nem de teóricos nem da teoria. Predomina, portanto, uma visão bastante particular da banca, como se ela criasse uma “jurisprudência” para seus atos passados e futuros.

      Dessa forma, seja prática. Se o “mas” estiver abrindo diretamente uma oração, vírgula proibida:
      “Mas tudo acabou bem”.

      Cabem duas vírgulas, se houver termo intercalado:
      “Mas, apesar do atraso, tudo acabou bem”.

      Bons estudos e boa sorte!

      Curtir

      • #13 por Laisa em 4 de maio de 2016 - 20:36

        Muito obrigada, professor! Bastante elucidativo, e preocupante (arbitrariedades das bancas, oh vida! rsrsrs).

        Abração e tudo de bom para o Sr.

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: