Modo imperativo: teoria & prática

Caixa

Formação do imperativo e questões exemplares

Clique aqui: Imperativo

,

  1. #1 por Natália em 11 de junho de 2017 - 14:06

    Professor, bom dia! Ótima teoria! Sucinta e objetiva!!! Agora é “manter a maquininha da transformação” sempre viva na memória, como o senhor nos diz! Grande abraço, Natália.

    Curtir

  2. #2 por Leide em 15 de agosto de 2017 - 12:33

    Caro Professor,

    Ontem tivemos nossa primeira aula, TRF e MP…. Quanto à dica apresentada sobre aplicação do S e do Z, fiquei em dúvida quanto às palavras PUSER e DEPUSER. Qual a origem dessas para aplicação do S?

    Curtir

    • #3 por Joao Bolognesi em 25 de agosto de 2017 - 19:28

      Leide,
      nem toda palavra terá a garantia de uma regra para justificar suas letras usadas.
      Quase sempre o uso de uma letra está relacionada à origem da palavra e sua história no desenrolar de nosso idioma.
      Mas não se esqueça: querer e pôr (e derivados) sempre com S.

      Bons estudos e boa sorte.

      Curtir

  3. #4 por Vivian Garon Alvarenga em 7 de maio de 2021 - 21:45

    Olá Professor!

    Sou sua aluna no curso de escrevente do TJSP e realizei as questões do modo imperativo. Fiquei super feliz que das 13 questões, acertei 12. A única que errei foi a questão 9 e confesso que a achei muito complicada. Conseguiria me explicar melhor a conjugação no imperativo dos verbos PODER e CONFIAR no tu, vós, Vossa Excelência e Sua Senhoria?

    Obrigada!

    Curtir

    • #5 por Joao Bolognesi em 8 de maio de 2021 - 15:50

      Vivian, parabéns pelos acertos!

      Em relação à questão 9, ela traz como pressuposto a uniformidade de tratamento, ou seja, a depender da escolha (tu, vós ou pronome de tartamento), haverá a concordância de pronomes e formas verbais.

      Então temos:
      TU: “que tu possas” / “confia” / “não te decepcionarei”
      VÓS: “que vós possais” / “confiai” / “não vos decepcionarei”
      Vossa Excelência / Senhoria: “que Vossa Senhoria possa” / “confie” / “não o decepcionarei”
      Por isso, a alternativa correta só pode ser a C.

      Em relação aos pronomes de tratamento, temos:
      – Vossa Senhoria x Sua Senhoria, qual a diferença? Nos pronomes de tratamento, o uso inicial de VOSSA ou SUA depende da situação de comunição:
      – se escrevemos para a pessoa ou com ela conversamos: Vossa Senhoria…
      – se a pessoa é penas o assunto, falamos sobre ela: Sua Senhoria…

      Bons estudos e boa sorte!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: